Processamento e Estruturação de Dados

PDI – Processamento Digital de Imagem

PDI é o termo usado para Processamento Digital de Imagens. Entende-se por este termo a manipulação de imagens de satélite, em máquinas e softwares especializados, que tenham como objetivo trabalhar de maneira a melhorar o aspecto visual da mesma.

Vejamos algumas técnicas utilizadas pela Novaterra:

  • Ortorretificação – técnica aplicada a imagens de satélite para corrigir as distorções relativas à rotação da câmera e eliminar as distorções relativas ao relevo. A aplicação dessa técnica se baseia na correção geométrica das imagens através de modelos matemáticos e dos modelos digitais de elevação. A imagem em projeção ortogonal, pode ser tomada como um documento cartográfico e empregada em qualquer atividade que demande um mapa, carta ou fonte de dados similar.
  • Mosaico – operação aplicada a diversas imagens de satélite com objetivo de agregar as informações visualizadas em diversas imagens em apenas uma. Esta técnica é bastante aplicada a áreas extensas onde seu imageamento necessite da aquisição de várias imagens.
  • Realce – é o contraste ideal para a visualização de uma imagem. Esse contraste é definido através da diferença entre os níveis de cinza de uma imagem.
  • Fusão – técnica usada na junção de uma imagem multiespectral de baixa resolução com uma pancromática em alta resolução para que se tenha, no final uma imagem multiespectral de alta resolução.

Todas as técnicas citadas acima tem como objetivo trabalhar na imagem de maneira a facilitar e melhorar a visualização das imagens de satélite que seja possível e fácil a interpretação de acordo com o que se deseja trabalhar.

Geração de Modelo Digital de Terreno (MDT) e Modelo Digital de Superfície (MDS)

O Modelo Digital de Terreno (MDT) e o Modelo Digital de Superfície (MDS) são definidos como uma representação matemática contínua da distribuição espacial das variações de altitude em uma determinada área. Estes modelos são construídos a partir de a partir da obtenção das curvas de nível e de pontos altimétricos destas áreas. Dependendo da fase do projeto e do grau de precisão necessários em cada fase estes modelos podem ser gerados diretamente a partir de imagens de satélite (par estéreo), onde com as tecnologias atuais é possível chegar a curvas de nível eqüidistantes a cada 2 metros ou através de aerolevantamento ou Perfilamento Laser, sendo esta uma tecnologia que revoluciona esta metodologia, permitindo a obtenção do Modelo Digital de Superfície de maneira direta, evitando processos fotogramétricos mais caros e demorados.

Produção de Mapas Planialtimétrico

Os Mapas Planialtimétricos tem por objetivo principal a representação das informações planimétricas e altimétricas obtidas através dos processos diretos ou por sensoriamento remoto. Desta forma, as informações consolidadas oferecem o maior número possível de informações da superfície representada para efeitos de estudo, planejamento e viabilização de projetos para as áreas de estudo.

Sistemas de Informação Geográfico Desktop de Alto Desempenho

Tradicionalmente, os Sistemas de Informação Geográficos (SIG) são vistos apenas como uma ferramenta técnica de organização e análise da informação espacial. Com os avanços tecnológicos dos últimos anos, os Sistemas de Informação Geográficos tornaram-se mais poderosos em sua capacidade de análise e suporte à decisão, porém de mais simples uso, através de interfaces amigáveis e intuitivas e da distribuição também possível e cada vez mais utilizada em ambiente Web, sem a necessidade de software especialista no ambiente do usuário. Desta forma, estes sistemas passaram a ganhar espaço como ferramenta executiva de gestão, onde se destaca a capacidade de comunicação e visão sinótica do projeto ou negócio, que traduzem-se em transparência, governança e sustentabilidade nos ambientes corporativos.

Visando a estruturação do ambiente e das equipes especialistas nos ambientes corporativos onde seus projetos são implementados a Novaterra se especializou na implementação de Sistemas de Informação Geográfico em ambiente Desktop de Alto Desempenho (SIG/Desktop) permitindo a produção eficiente de todas as informações que irão alimentar os Sistemas de Informação Geográficos em ambiente web (SIG/WEB) corporativos.